Role os Dados: O Mestre!

Olá, tudo bem? Bom, hoje irei falar um pouco sobre o cara que conduz as aventuras em uma mesa de RPG: O Mestre. O Mestre é um tipo de jogador especial. Os jogadores criam seus personagens e o Mestre é quem lhes apresenta o mundo em que os jogadores viverão diversas aventuras interpretando seus respectivos personagens. “Tá, mas como assim?” Bem, imagine um jogo de video game, você tem um objetivo no jogo e para alcançá-lo, vai enfrentando diversos inimigos até conseguir completar o seu objetivo, passar de fase e etc. No RPG de mesa quem coloca esses desafios para o jogador enfrentar é o Mestre, ou seja, ele é como se fosse o sistema do jogo de video game que coloca as dificuldades pra você enfrentar e também o prêmio por você concluir seu objetivo no jogo.

Para dar conta do recado, o jogador que decidir ser o Mestre das aventuras deve conhecer muito bem as regras do sistema que estiver mestrando (D&D, Vampiro, Gurps, etc), também ser criativo em relação às aventuras que planeja montar para  mestrar, pois além de propor desafios, obstáculos, riscos e emoções que os jogadores devem sentir e superar, é o mestre quem inventa uma estória legal e emocionante que vá divertir os jogadores. Por isso quanto mais criativo e habilidoso for o mestre, mais divertidas serão suas aventuras.

Seja um mestre justo, lembre-se, o objetivo do jogo não é vencer, nem você e nem os jogadores, e sim se divertir, ambos os lados estão juntos cooperando para o desenrolar de uma boa aventura. Ajude os jogadores inexperientes que tem dificuldades no começo em entender as regras, tente simplificar no começo para os jogadores mais novos começarem a “pegar as manhas” hauhauha e com isso eles vão adquirindo mais confiança em seus personagens. Se a aventura está fácil demais para os jogadores, aumente um pouquinho a dificuldade do jogo para eles, coloque um inimigo um pouco mais forte, coloque um número maior de inimigos, prepare algumas armadilhas que vão prejudicá-los caso entrem em combate logo depois, mas também não apele né? Huahuahua essas são dicas para você Mestre, utilizar quando uma aventura estiver “Mamão com açúcar Mode on” da mesma forma, se uma aventurá está difícil, ou se os jogadores estão tendo dificuldades com algum inimigo ou coisa do tipo, também dê uma ajudinha, tente equilibrar um pouco as coisas, afinal o propósito do jogo é a diversão, mas tente encontrar o momento certo para isso, tente manter a emoção do jogo pulsando nesses momentos críticos digamos assim, para que os jogadores lembrem-se mais tarde de momentos de “quase game over” que conseguiram escapar.

 

The Dungeon Master! simpático não? huahuahau

Finalizando, mestrar é divertido mas pode se tornar um trabalho penoso e enfadonho, por isso use toda a criatividade que tiver para divertir os jogadores e se divertir também porque afinal, o Mestre também é um jogador. Lembre-se “Com grandes poderes….” hauhuahuahuhau.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s